Aleixo de Godoy

Aleixo de Godoy

ALEIXO DE GODOY       Aleixo de Godoy e Gabriela de Sousa, casal que já estava no Amparo em 1818, quando Aleixo de Godoy tinha 200 braças de frente por 300 de fundo na Vargem Grande, adquiridas por compra a Maria Queiroz antes de 1818 (AAC/Rol-1818). Aleixo de Godoy e sua mulher Gabriela Sousa, moradores de Bragança, foram padrinhos de batizado de Felizardo, filho de Geraldo da Gama e Ana Joaquina, celebrado em Mogi Mirim em 1/11/1818. (BM-7:13v). Aleixo e Gabriela foram pais de:             1 – Inácio José de Godoy, natural de Bragança, casado em 1834 no Amparo com Maria Lourença do Rosário, filha de Salvador de Lima Bueno e de Manoela da Silva Coelho (CA-1:35  – SL, 3:148) O casal Inácio e Maria Lourença, assim como Salvador de Lima Bueno e Manuela da Silva Coelho, está em Silva Leme, … Continue...
Aleixo de Sousa

Aleixo de Sousa

ALEIXO DE SOUSA Era confrontante em 1818 de um terreno de Joaquim de Araújo “no lugar denominado Vargem Grande”. O único desse nome que encontramos foi Aleixo Pereira de Sousa, casado com Floriana Maria de Jesus, pais de Antônio, batizado em 1839, sendo padrinhos Baltasar de Sousa e sua mulher Maria Gertrudes (BA-3:63) Baltasar é certamento o Baltasar de Sousa Nunes, natural de Bragança, filho de João Manuel de Sousa e de Joaquina Maria de Jesus, casado em 1831 com Maria Gertrudes, filha de pai incognito e de Francisca Pires Pimentel (CA-1:15) pais de Josefa, batizada em 1833 (BA-2:21).   
Introdução – Os Moradores

Introdução – Os Moradores

Quem eram esses primeiros povoadores das terras amparenses? De onde vieram? Quando vieram? A que famílias pertenciam? Onde se estabeleceram? Essas e outras perguntas são difíceis de responder, mas já se sabe um pouco sobre um grande número de pioneiros do vale do Camanducaia (e também do Jaguari, pois nas margens deste ficava o sítio do Cascalho, um dos primeiros estabelecimentos colonizadores em nossa região). Com base nos dois preciosos levantamentos, o tombamento da “5ª Companhia da Vila Nova de Bragança e seus bairros”, feito por seu comandante, o capitão Roque de Sousa de Moraes, e no Rol de Moradores da Capela de Amparo, elaborado pelo Padre Roque de Sousa Freire em 1829, foi possível dar início a um verdadeiro censo dos primeiros habitantes de nosso município. Depois, foi necessário incorporar também os vários nomes mencionados por Jorge Antônio José … Continue...